Questo sito usa cookie per fornirti un'esperienza migliore. Proseguendo la navigazione accetti l'utilizzo dei cookie da parte nostra OK

Diálogos Ítalo-Brasileiros: Lançamento do Livro Metamorfoses, com Emanuele Coccia e Ailton Krenak

Data:

16/09/2020


Diálogos Ítalo-Brasileiros: Lançamento do Livro Metamorfoses, com Emanuele Coccia e Ailton Krenak

Por ocasião do lançamento no Brasil do ensaio Metamorfoses de Emanuele Coccia, publicado pela Dantes Editora, o Istituto Italiano di Cultura do Rio de Janeiro organiza, dia 16 de setembro às 10h, um encontro sobre o livro entre o filósofo italiano e o ambientalista Ailton Krenak, moderado por Anna Dantes.

 

... É a Terra (e, assim, o Universo, pois a Terra é apenas a matéria que escapou do Sol) que inventa em nós uma nova maneira de ser a partir da sua própria matéria. Sob esse ponto de vista, cada um de nós, enquanto casulo, passou por tudo. Cada um de nós passará por tudo. Nós somos um mesmo mundo e uma mesma substância.

Os casulos estão por todos os lugares. Cada célula viva é um deles. Todo indivíduo é um deles: cada um de nós é o espaço dentro do qual o mundo procura e encontra um novo rosto. Os casulos estão por todos os lugares. Cada meio é um deles.

O verdadeiro sujeito de toda metamorfose é o nosso planeta. Todo ser vivo é apenas uma reciclagem do seu corpo, uma manta de retalhos construída a partir de uma matéria ancestral. É graças a nós, e em cada um de nós, que ela pode dizer "eu". A vida do planeta é uma metamorfose imensa e incessante. A maneira como percebemos sua força metamórfica é, antes de mais nada, a migração que ela impõe a cada um dos seus habitantes.

- Emanuele Coccia

 

Emanuele Coccia

Doutor em Filosofia pela Universidade de Florença e Professor Titular de Filosofia na École des Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS) de Paris, Emanuele Coccia nasceu em Fermo na Itália, em 1976. Até os 19 anos de idade, estudou no Instituto Técnico Agrário Garibaldi, em Macerata, razão pela qual manteve seu olhar dirigido às plantas durante seus altos estudos em filosofia. Coccia transita por importantes centros acadêmicos em Florença, Berlim, Friburgo, Nova York e Paris. Suas obras têm sido traduzidas em diversos países e propõem a ampliação da percepção da vida, de seus sistemas e do mundo.

É autor de La Trasparenza delle Immagini. Averroè e l’Averroismo (2005) e coautor com Giorgio Agambem da antologia Angeli. Ebraismo, Cristianesimo, Islam (2009). No Brasil publicou, em 2010, A Vida Sensível (Cultura e Barbarie), e em 2017, A Vida das Plantas. Uma Metafísica da Mixtura (Documenta), traduzido em dez línguas. Em 2019 foi conselheiro científico da exposição Nous les Arbres organizada em Paris na Fondation Cartier pour l'Art Contemporain. No Rio de Janeiro, participou em 2019 do evento O Selvagem. Ciclo de Estudos sobre a Vida, idealizado pela Dantes Editora e mediado por Ailton Krenak. É o pai de Colette.

 

Ailton Krenak

Ailton Krenak é ambientalista e uma das principais vozes do saber indígena. Criou juntamente com a Dantes o ciclo de estudos sobre a vida O Selvagem, que orienta e media. Vive na aldeia Krenak, nas margens do rio Doce, em Minas Gerais. É autor do livro Ideias para Adiar o Fim do Mundo (Companhia das Letras, 2019).

 

Anna Dantes

Anna Paula Sampaio da Silva Martins é editora. Desde 1995, por conta da Dantes livraria, um sebo que ela abriu em 1994, seus amigos e clientes começaram a chamá-la de Anna Dantes e assim ficou. A partir 1997 a Dantes tornou-se também editora e desde 2006, se dedicou totalmente a essa atividade. O trabalho estende a experiência de edição para outros formatos - oficinas, revistas, curadorias, exposições, encontros, ciclos de estudo e filmes. Há quase dez anos a Dantes trabalha com o povo Huni Kuin no Acre no projeto Livro Escola Viva que tem sido inspiração para o formato colaborativo que sempre buscou. Desde 2018 realiza o Selvagem, Ciclo de Estudos sobre a Vida.

 

* * * * *

 

Realização:

Istituto Italiano di Cultura

Dantes Editora

 

* * * * *

 

Diálogos Ítalo-Brasileiros: Lançamento do Livro Metamorfoses (Dantes, 2020), com Emanuele Coccia e Ailton Krenak

 

Data: 16 de setembro de 2020

Horário: 10h

Lugar: Facebook do Istituto ou YouTube da Dantes Editora

Ingresso: Gratuito

Informazioni

Data: Mer 16 Set 2020

Orario: Alle 10:00

Ingresso : Libero


1142