Questo sito usa cookie per fornirti un'esperienza migliore. Proseguendo la navigazione accetti l'utilizzo dei cookie da parte nostra OK

Flip 2018: 16ª Festa Literária Internacional de Paraty

Data:

25/07/2018


Flip 2018: 16ª Festa Literária Internacional de Paraty

Desde 2003, a Flip oferece todos os anos em Paraty uma experiência única, permeada pela literatura. Sempre em conexão com a cidade que a recebe, a festa é mais do que um evento, é uma manifestação cultural. Numa interlocução permanente entre as artes, propaga vivências focadas sobretudo na diversidade.

Às margens do rio Perequê-Açu, numa arquitetura especialmente desenhada para cada ano da festa, autores se reúnem em conversas que transitam por múltiplos temas, como teatro, cinema e ciência. Além disso, a Flip oferece uma programação que mantém seus princípios fundadores: originalidade, intimismo, informalidade, o encontro singular entre escritores e público e, acima de tudo, ações de permanência. Flipinha, FlipZona e FlipMais compõem o programa da festa, com atividades que combinam literatura infantojuvenil, performance, debates, artes cênicas e visuais.

 

Massimo Canevacci

Massimo Canevacci (Roma, 1942) é um antropólogo, etnógrafo e escritor italiano. Doutor em Letras e Filosofia, é um notório teórico da contemporaneidade e da cidade, reconhecido por sua ousadia em romper com métodos clássicos da história intelectual. Como antropólogo, expõe e explica a metrópole contemporânea, a influência das mídias digitais, vendo o processo cultural atual não como puramente alienante, mas sim, a partir da possibilidade de interação, participação e de criação de um novo tipo de sujeito, plural e ativo.

Canevacci possui uma Láurea em Filosofia sobre a Escola de Frankfurt. Por isso, como outros intelectuais formados em humanas na Europa, tem conhecimento das línguas e obras clássicas em literatura e em filosofia. Desde 2010 é regularmente convidado como professor visitante por inúmeras universidades brasileiras (UFSC - Florianópolis, UERJ - Rio de Janeiro, e notadamente em São Paulo, ECA - Escola de Comunicação e Artes) onde desenvolve pesquisas de Etnografia Urbana: Fetichismos Visuais, Metrópoles Comunicacionais, Movimentos Juvenis, Sincretismos Culturais, Culturas Indígenas, Aldeia e Metrópoles.

 

Igiaba Scego

Igiaba Scego (Roma, 1974) é uma autora italiana de família somali. Escreve contos e romances cuja linguagem absorve fábulas, memórias e tradições africanas. Estudou Literatura Moderna na Universidade La Sapienza, em Roma, e trabalhou como jornalista. Lança, na Flip, Adua e La mia casa è dove sono, pela Nós, e o ensaio Caetano Veloso. Camminando controvento, numa parceria Nós e Buzz Editora. Editou a antologia Italiani per vocazione (2005) e o livro de entrevistas Quando nasci è una roulette: Giovani figli di migranti si raccontano (2003), dedicados a registrar novas vozes de autores de diversas origens radicados na Itália.

 

* * * * *

 

Realização:

Associação Casa Azul

 

Colaboração:

Instituto Italiano di Cultura do Rio de Janeiro

 

* * * * *

 

Flip 2018: 16ª Festa Literária Internacional de Paraty

Data: De 25 a 29 de julho de 2018

Local: Paraty

Ingresso: Bilheteria

Informazioni

Data: DA Qua 25 Jul 2018 a Dom 29 Jul 2018

Ingresso : A pagamento


980